Com o vitorioso acordo de dois anos assinado no ano passado, não haverá negociação com os bancos sobre as cláusulas econômicas em 2017. Por isso, já está estabelecido na Convenção Coletiva de Trabalho que a primeira parcela da PLR deverá ser paga até o dia 30 de setembro deste ano na CAIXA e nos bancos privados.

Já no Banco do Brasil, o Acordo Aditivo estabelece que a PLR do segundo semestre de 2017 será paga em até 10 dias úteis após a data de distribuição dos dividendos ou JCP-Juros sobre Capital Próprio aos acionistas.

Outro ponto que já está garantido é o reajuste dos salários, verbas e benefícios, no dia 1º de setembro, com base na inflação calculada pelo INPC/IBGE, mais 1% de aumento real.

Compartilhe: