Atendendo decisão da assembleia realizada no dia 16 de dezembro, que deliberou que o Sindicato solicite a retomada das negociações com no BDMG no sentido de garantir o pagamento da PPR, a entidade enviou carta a direção do banco pedindo o agendamento de reunião com a presidência o mais rápido possível.

A deliberação da assembleia foi uma resposta à correspondência enviada aos representantes dos funcionários, em que o BDMG afirma que irá suspender o pagamento da PPR de 2015 alegando não ter alcançado os indicadores necessários. Em resposta ao banco, a assembleia aprovou a proposta de que o Sindicato solicitasse a retomada das negociações no sentido de garantir o pagamento desse direito conquistado.

Compartilhe: