Tendo em vista a estratégia de desmonte da CAIXA implantada pelo governo Temer, o Sindicato avalia com desconfiança o fato de o banco ter convocado 6 mil gestores de todo o Brasil para um megaevento a ser realizado no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, no dia 16 de maio. Em convites divulgados, são usados os dizeres “Em campo pelo Brasil” e “Todo um país vibrando por você”.

O objetivo do encontro, que ocorre às vésperas da Campanha Nacional da categoria, ainda não foi esclarecido pelo banco.

Para a presidenta do Sindicato, Eliana Brasil, é estranho que a CAIXA gaste grandes valores para a realização de um evento deste porte ao mesmo tempo em que anuncia mais uma reestruturação que prejudica os trabalhadores, fecha agências em todo o país, se recusa a contratar novos empregados e ataca o Saúde Caixa.

“Não sabemos as reais intenções do banco e esperamos que os gestores que participarão do evento não se deixem iludir pelo discurso da direção da CAIXA, que pode tentar enfraquecer nossa mobilização e gerar divisões internas. Alertamos também empregadas e empregados de que qualquer tipo de pressão ou assédio deve ser, imediatamente, denunciado ao Sindicato para que possamos tomar providências. Neste momento, precisamos de muita unidade para garantir direitos e defender a CAIXA 100% pública”, afirmou Eliana Brasil.

 

Compartilhe: