DiaNacionalLutaCAIXA2_22ago

Nesta quarta-feira, 24, a partir das 14h, em São Paulo, será realizada a segunda rodada de negociação específica entre representantes dos empregados da CAIXA e o banco. No mesmo dia, para defender a CAIXA, empregadas e empregados de todo o Brasil também realizam um Dia Nacional de Luta.

O Sindicato orienta que os empregados da CAIXA usem roupas brancas, a cor da paz, e se manifestem também em suas redes sociais. O mote do Dia Nacional de Luta é “Por nenhum direito a menos e em defesa da Caixa 100% pública”.

A iniciativa visa defender o banco e protestar contra a retirada de direitos dos empregados, a exemplo do RH 184, dos caixas-minuto, tesoureiros expostos, técnicos bancários fazendo conferência de assinaturas e documentos, entre outras questões.

Na primeira rodada específica, realizada em 17 de agosto, em Brasília, a CAIXA não abriu espaço para a negociação das principais reivindicações pendentes dos empregados, como Funcef, Saúde Caixa, login único do Sipon, menor taxa para consignados, agências digitais, licença paternidade e participação dos sindicatos na organização das Sipats.

Na ocasião, o banco também ignorou outras cobranças, como o fim do caixa-minuto, o retorno da função de caixa e o fim da sobrecarga de trabalho dos tesoureiros.

Na Campanha Nacional 2016, uma das principais reivindicações dos trabalhadores da CAIXA é a contratação de mais empregados. O quadro se tornou ainda mais grave com a saída de mais de dois mil trabalhadores do banco, neste ano, por meio do Plano de Apoio à Aposentadoria (PAA) sem reposição.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT e Fenae

Compartilhe: