A primeira rodada de negociação específica da Campanha Nacional 2018 com o Banco do Brasil ocorre nesta sexta-feira, 29 de junho, em São Paulo.

Além da manutenção dos direitos, o 29º Congresso Nacional dos Funcionários do BB, realizado nos dias 7 e 8 de junho, em São Paulo, definiu uma série de reivindicações específicas dos funcionários do banco:

– Melhoria das condições de trabalho nas agências, com contratação de funcionários
– Melhoria dos escritórios digitais
– Defesa da Cassi
– Rejeição da proposta da consultoria Accenture, contratada pelo banco, que apresenta em seu relatório modelos de governança que incluem no nível diretivo gestores externos ao corpo de associados
– Rejeição da proposta do banco para a Cassi, que quebra a solidariedade e penaliza os menores salários
– Ampliar a lutar contra a resolução 23 da CGPAR
– Fortalecimento do BB como banco público
– Revisão da tabela PIP no Plano Previ Futuro para melhoria do benefício
– Incluir os planos de saúde e previdência dos bancos incorporados na mesa de negociação
– Acordo Coletivo para todos os funcionários sem a discriminação da nova lei trabalhista
– Manutenção da minuta de reivindicação dos funcionários do BB.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

 

Compartilhe: