O Projeto de Lei do Senado (PLS) 203/2017, de autoria do senador Roberto Muniz (PP-BA), que autoriza a abertura dos bancos aos sábados, foi retirado da pauta na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) nesta terça-feira, 24.

A proposta pretendia revogar uma lei conquistada pelos trabalhadores bancários em 1962, garantindo o descanso semanal remunerado aos sábados e domingos. Além disso, impactaria diretamente na segurança dos bancários, clientes e usuários devido à queda na circulação de pessoas e abertura reduzida do comércio aos fins de semana.

Para evitar a retirada de mais essa conquista da categoria, a Contraf-CUT visitou o gabinete do senador Oto Alencar (PSD/BA), relator do projeto, na segunda-feira, 23. Após conversa, o parlamentar assumiu o compromisso de retirar de pauta o projeto.

O movimento sindical enviou um requerimento para a realização de uma audiência pública para que a proposta seja discutida com a população.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

 

Compartilhe: