O Sindicato continua realizando atos para chamar a atenção da população e convocar todas e todos para o Dia Nacional de Mobilização que será realizado nesta sexta-feira, 31. O ato desta quarta-feira, 29, ocorreu na praça Sete, em frente à agência do Itaú. Já nesta terça-feira, 28, um ato foi realizado em frente ao prédio do Banco do Brasil na rua Rio de Janeiro. A “Porta do Inferno” foi instalada nos dois locais para denunciar as reformas nefastas propostas por Temer.

Durante os atos, o Sindicato mostrou à população que as reformas da Previdência e trabalhista, assim como o projeto da terceirização irrestrita, visam retirar direitos do povo brasileiro para agradar àqueles que financiaram o golpe parlamentar. Foram entregues à população materiais informativos sobre as reformas e também denunciados os deputados federais mineiros que votaram contra os trabalhadores.

Nos atos realizados durante esta semana, o Sindicato também vem convocando bancárias e bancários para a Plenária Organizativa do Dia Nacional de Mobilização, que será realizada nesta quinta-feira, 30 de março, às 18h30 na sede do Sindicato.

“Contamos com a participação da categoria para que possamos fortalecer a mobilização e mostrar ao governo que não aceitamos retrocessos. Estamos nas ruas contra o desmonte da Previdência e das leis trabalhistas, em defesa dos trabalhadores brasileiros e de nossas conquistas”, afirmou a presidenta do Sindicato, Eliana Brasil.

Compartilhe: