Foto: Taís Ferreira – CUT/MG

 

Unidade, resistência, a construção de um projeto de nação e estratégias para fortalecer o movimento sindical estiveram em pauta no 13º Congresso Estadual da Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CECUT/MG – Lula Livre, Lula Inocente – Sindicatos fortes = Direitos, Soberania e Democracia). O evento ocorreu entre os dias 29 de novembro e 1º de dezembro na cidade de Ouro Preto.

Com a participação de bancárias e bancários da base de BH e região, o evento contou com análises de conjuntura, trabalhos em grupos, definição de um plano de lutas, discussões sobre diversidade e organização sindical. Foi ainda eleita a nova diretoria da CUT/MG para o mandato 2019-2023.

Sucedendo a atual presidenta da CUT em Minas Gerais, a deputada estadual Beatriz Cerqueira, foi eleito o eletricitário Jairo Nogueira Filho.

Bancárias e bancários de Minas Gerais estão representados na nova gestão por cinco dirigentes: Sebastião Maria, que é diretor do Sindicato, na Tesouraria; Carlos Augusto Vasconcelos, também diretor do Sindicato, integra a Diretoria Plena; Watoíra Oliveira (Sintraf-JF) como diretor Jurídico; Magna Vinhal (SEEB Patos) na Diretoria Plena; e Juscélia Oliveira (Base – BH) também na Diretoria Plena.

“Este é um momento em que a classe trabalhadora e o povo brasileiro sofrem muitos ataques, num projeto de desemprego, de volta da miséria, trabalho precário e crescimento da informalidade. Colocam a conta sempre nas costas de trabalhadoras e trabalhadores e da população mais pobre. Um absurdo. E a CUT precisa estar preparada para lutar pela recuperação dos direitos de trabalhadoras e trabalhadoras e construir um plano de ação para enfrentar uma conjuntura tão ruim. Vamos, também, recompor os territórios regionais, fortalecer o trabalho de base e buscar aprofundar o diálogo e o convencimento da população da realidade que vivemos e como vamos derrotar os projetos da extrema direita no país, com Jair Bolsonaro e, em Minas, com o neoliberalismo de Romeu Zema”, afirmou Jairo Nogueira, presidente eleito da CUT/MG.

Foto: Taís Ferreira – CUT/MG

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com CUT/MG e Fetrafi-MG/CUT

 

Compartilhe: