Com o mote “Lutar, defender e garantir. Nenhum direito a menos!”, a 19ª Conferência Nacional dos Bancários começa nesta sexta-feira, 28, no hotel Holiday Inn, em São Paulo. Até o domingo, 30 de julho, 696 bancários, entre delegados, membros do Comando Nacional dos Bancários e observadores vão debater as ações para a difícil conjuntura nacional que se apresenta.

Delegadas e delegados mineiros levarão à Conferência Nacional as propostas aprovadas durante a Conferência Estadual dos Bancários de Minas Gerais, realizada entre os dias 7 e 9 de julho no município de Caeté.

“Temos que lutar em defesa dos bancos públicos, contra a Reforma Trabalhista, contra a Reforma da Previdência e contra a digitalização do sistema financeiro. Vamos sair com um plano de lutas, que será nossa pauta de reivindicação contra a alteração de pontos fundamentais da CLT, que protegeu a classe trabalhadora durante muito tempo”, afirmou Roberto von der Osten, presidente da Contraf-CUT e um dos coordenadores do Comando Nacional dos Bancários.

Confira a programação completa:

 

28 de julho – Sexta-feira

15h às 19h: Credenciamento de delegados, delegadas, observadores e convidados

17h às 18h: Painel Expositivo: Defesa dos Bancos Públicos

20h às 22h: Abertura Solene

 

29 de julho – Sábado

8h30 às 18h: Credenciamento de delegados, delegadas, observadores e convidados (as)

09h às 9h30: Votação do Regimento Interno

09h30 às 11h30: Análise de conjuntura nacional e internacional

11h30 às 13h30: Defesa do Emprego frente às novas tecnologias

13h30 às 14h30: Almoço

14h30 às 17h: Reforma Trabalhista

17h às 18h30: Reforma Previdenciária

18h às 19h: Prazo para substituição de delegados por suplentes

18h30 às 20h: Reunião de Correntes Políticas

 

30 de julho – Domingo

9h às 13h: Plano de Lutas e encerramento

 

 

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

Compartilhe: