1. Reajuste salarial de 8,5% e de 9% no piso salarial.
  2. Reajuste de 12,2% no auxílio-refeição.
  3. Combate às metas abusivas. A cobrança de metas passou a ser proibida não somente por SMS, mas também por qualquer outro tipo de aparelho ou plataforma digital.
  4. Certificação CPA 10 e CPA 20 – Quando exigido pelos bancos, os trabalhadores terão reembolso do custo da prova em caso de aprovação.
  5. Adiantamento de 13º salário para os afastados – Quando o bancário estiver recebendo complementação salarial, terá também direito ao adiantamento do 13º salário, a exemplo dos demais empregados.
  6. Casais homoafetivos – Divulgação da cláusula de extensão dos direitos aos casais homoafetivos, informando que a opção deve ser feita diretamente com a área de RH de cada banco, e não mais com o gestor imediato, para evitar constrangimentos e discriminações.
  7. Campanha sobre assédio sexual – Os bancos assumiram o compromisso de realizar uma campanha junto com os bancários para combater o assédio sexual no trabalho.
Compartilhe: