A 20ª Conferência Nacional dos Bancários começa nesta sexta-feira, 8, na Quadra do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região, em São Paulo. Até domingo, 10 de junho, 696 delegadas e delegados irão definir a pauta de reivindicações da categoria, que será entregue à Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) para dar início à Campanha Nacional dos Bancários 2018.

“Estamos num ano bastante difícil da história da nossa categoria, da história da classe trabalhadora, da história do nosso país. Por isso, mais do que nunca a Campanha Nacional é importante e a união nela é fundamental. Nós temos uma responsabilidade muito grande não só com a categoria, mas com toda a população”, explicou Juvandia Moreira, presidenta da Contraf-CUT e uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários.

Os temas a ser debatidos na Conferência são um acúmulo dos encontros regionais e estaduais que ocorreram nos últimos meses, assim como dos encontros nacionais por bancos – Banco do Brasil, CAIXA, Itaú, Bradesco, Santander e Mercantil – realizados nesta semana em São Paulo.

 

PROGRAMAÇÃO

 

8 de junho – Sexta-feira

14h às 20h – Credenciamento de delegados e delegadas.

15h – Reunião das correntes

19h – Abertura solene

 

9 de junho – Sábado

8h às 13h – Credenciamento de delegados e delegadas

9h às 9h30 – Votação do Regimento Interno

9h30 às 11h30 – Mesa 1 – Defesa da Democracia

11h30 às 13h30 – Mesa 2 – Defesa das Empresas Públicas – Bancos Públicos, Petrobras e Eletrobras

13h30 às 15h – Almoço

13h às 14h – Prazo para substituições de delegados e delegadas

15h às 17h30 – Mesa 3 – O Sistema Financeiro que Queremos

17h30 às 19h – O Brasil que queremos!

19h – Confraternização

 

 10 de junho – Domingo

10h às 14h – Propostas, resoluções e aprovação da minuta

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

 

Compartilhe: