Visitas às agências bancárias em Belo Horizonte. 

Dando continuidade à programação do 27º Carnaval Sem Aids/IST, o Sindicato percorreu, durante toda a semana, agências bancárias para levar informações a bancários, usuários e clientes sobre a prevenção, o diagnóstico e o tratamento das infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

As atividades foram realizadas em Belo Horizonte, dos dias 17 a 21 de fevereiro, e também em São João Del Rei no dia 20. No município, que integra a base do Sindicato, ainda haverá desfile do Bloco do Pirulito nesta sexta-feira, 21. Inicialmente marcado para a quinta, 20, o Bloco teve que ser adiado em decorrência de fortes chuvas que atingiram a cidade.

Visitas às agências em São João Del Rei

Tendo início com a realização do Bloco do Pirulito em Belo Horizonte, no dia 14 de fevereiro, a 27ª edição do Carnaval Sem Aids/IST buscou destacar o fato de que o Brasil tem um dos melhores programas de HIV/Aids em todo o mundo. Um programa que revolucionou o tratamento e reduziu a disseminação da epidemia mundial ao adotar uma política de distribuição gratuita de medicamentos.

Estimativas apontam que, se o Sistema Único de Saúde (SUS) não tivesse implementado esta estratégia, ao invés de 860 mil casos, o Brasil poderia ter 18 milhões de pessoas infectadas pelo HIV.

No atual período, a população deve estar atenta não apenas aos riscos das ISTs, mas também para a importância de defender o SUS e a gratuidade do atendimento, da testagem, do apoio psicológico e da distribuição de medicamentos de alta tecnologia, além de preservativos.

Qualquer corte nos investimentos em saúde representa uma ameaça e pode levar milhões de brasileiros a ficarem sem prevenção, atendimento, diagnóstico e tratamento adequados.

Fique atento! Prevenção é o melhor remédio!

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região

 

Compartilhe: