O acordo para instalação da Comissão de Conciliação Voluntária (CCV) de 7ª e 8ª horas assinado entre a Contraf-CUT e o Banco do Brasil vence nesta quinta-feira, dia 3 de outubro.

 

A partir do dia 4 de outubro, os pedidos de conciliação não serão mais aceitos até que seja renovado o acordo em âmbito nacional.

 

Aprovada pelos bancários de BH e Região em assembleia realizada no dia 28 de maio deste ano, a CCV tem como objetivo a quitação negociada dos direitos não pagos durante o contrato de trabalho. No caso desta CCV de 7ª e 8ª horas, a finalidade será a quitação das horas extras irregulares dos cargos de natureza técnica, em virtude da implantação do novo plano de funções.

 

Os pedidos entregues até o dia 3 de outubro serão encaminhados à GEPES-BH para análise do banco e posteriormente agendada para a audiência de conciliação.

 

Compartilhe: