Em Assembleia Geral Extraordinária realizada, de forma virtual, entre as 8h e as 18h, desta segunda-feira, 25 de janeiro, funcionárias e funcionários do BB aprovam paralisação para esta sexta-feira, 29 de janeiro.

A Assembleia, que teve como pauta a apreciação e deliberação sobre a proposta de paralisação por prazo determinado a partir das 00h00 até às 23h59 do dia 29 de janeiro de 2021, sexta-feira aprovou a greve com 83% dos votos dos participantes.

Para o funcionário do BB e diretor do Sindicato, Rogerio Tavares, esse é o momento de mostrar que as funcionárias e os funcionários do banco estão dispostos a lutar pela sua comissão, pelo seu cargo e por um Banco do Brasil público. “Convocamos todo funcionalismo do BB para essa paralisação nacional. Se não mostrarmos unidade e força, o desmonte vai continuar e mais colegas serão atingidos. Quem não foi atingido agora, pode ser depois. Só a luta nos garante”, afirmou.

“Essa Assembleia mostrou que as funcionárias e os funcionários do Banco do Brasil estão firmes e, como sempre dispostos, a defender o BB como banco público e garantir os seus direitos conquistados com muita luta. Agora, na próxima sexta-feira, vamos fazer uma grande paralisação para mostrar a nossa força e a nossa unidade”, ressaltou Ramon Peres, presidente do Sindicato.

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região

 

Compartilhe: