O Itaú obteve um lucro líquido de R$ 18,91 bilhões em 2020, contra R$ 26,58 bilhões em 2019 (-28,87%),  enquanto o Lucro Líquido Recorrente somou R$ 18,53 bilhões, variando 34,65% em relação ao de 2019 (R$ 28,36 bilhões). De acordo com o banco, a despeito do resultado menor, houve sinais de melhora no 4º trimestre de 2020, com crescimento da carteira de crédito na maior parte dos segmentos. O retorno recorrente consolidado sobre o Patrimônio Líquido médio anualizado (ROE) foi de 14,5%, com queda de 9,2 p.p., enquanto, no Brasil, o retorno foi de 15,3% (queda de 9,6 p.p. em comparação a 2019).

Para o funcionário do banco e presidente do Sindicato, Ramon Peres,  os resultados mostram que apesar do ano atípico por causa da  crise econômica gerada com a pandemia, no qual muito setores sofreram perda e diminuição de trabalhadores, o Itaú teve  lucro. “Isso é mais uma prova que o sistema financeiro continua rentável no Brasil e não há motivo para demissão de seus trabalhadores, mas sim a necessidade de aumentar o nível de emprego na categoria”, afirmou.

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com a Contraf-CUT

Compartilhe: