O Sindicato está reunido, na tarde desta quinta-feira, 21 de novembro, com a direção do BDMG para discutir demandas dos funcionários e funcionárias. Também participa da mesa de negociação o Conselho de Representantes dos Funcionários (Corep).

Em pauta, foi colocada a MP 905, assinada pelo atual governo, que ataca direitos conquistados pela categoria bancária – incluindo a jornada de trabalho, descanso aos finais de semana e PLR.

Após cobrança do Sindicato, o BDMG garantiu que não implementará a Medida Provisória, assegurando os direitos dos trabalhadores.

A reunião prossegue e mais informações serão publicadas após o término da negociação.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região

 

Compartilhe: