Negociação com o BB realizada no dia 3 de fevereiro – Foto: Contraf-CUT

O Banco do Brasil informou, em comunicado nesta quarta-feira, 15, que os funcionários que estão recebendo a VCP não precisarão cumprir jornada de oito horas, conforme era o normativo até agora, e poderão trabalhar seis horas. VCP é uma Vantagem em Caráter Pessoal que mantém por quatro meses a remuneração do cargo anterior.

Os representantes dos funcionários vinham reivindicando a alteração da jornada desses trabalhadores, bem como contestando a assinatura do termo de recebimento de VCP.

Os funcionários em VCP eram obrigados a assinar um termo abrindo mão de horas extras durante o período de VCP, bem como cumprir a jornada de horas do cargo anterior.

Com a medida anunciada hoje, os funcionários em VCP somente farão jornada de 8 horas se o cargo atual, inferior ao anterior, seja de jornada de 8 horas.

Para Wagner Nascimento, diretor do Sindicato e coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB, “é uma medida que atende à reivindicação feita pela Comissão de Empresa em Mesa de Negociação e atenua um pouco a situação de quem teve redução de salário, seja por perda total do cargo ou realocação em cargo inferior”.

Nova rodada de negociação com BB está marcada para o próximo dia 22 em Brasília.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

Compartilhe: