Diante dos ataques de Temer aos direitos dos brasileiros e às empresas públicas, trabalhadoras e trabalhadores se mobilizam, em todo o país, para a realização de uma grande Greve Geral no dia 28 de abril.

Para discutir e deliberar sobre a adesão da categoria ao movimento e a paralisação das atividades nas unidades de trabalho, seguindo orientação da Contraf-CUT, bancárias e bancários da base de Belo Horizonte e região realizam, nesta terça-feira, dia 18 de abril, uma Assembleia Geral Extraordinária. Ela ocorrerá na sede do Sindicato às 18h em primeira convocação e às 18h30 em segunda convocação.

“Com uma forte Greve Geral, faremos o enfrentamento aos ataques diários do governo Temer aos trabalhadores. Não aceitaremos que destruam direitos duramente conquistados com muita luta, que enfraqueçam e privatizem bancos públicos fundamentais para o desenvolvimento social do Brasil e que acabem com o nosso futuro por meio das reformas da Previdência e trabalhista. Este é o momento de mostrarmos nossa força e nossa unidade, ocupando as ruas e parando o Brasil. Rumo à Greve Geral do dia 28 de abril”, afirmou a presidenta do Sindicato, Eliana Brasil.

Abaixo a terceirização!
Não à reforma trabalhista!
Não à reforma da Previdência!
Nenhum direito a menos!

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DOS BANCÁRIOS DE BH E REGIÃO 

Data: 18 de abril de 2017, terça-feira.

Horário: às 18h em primeira convocação e às 18h30 em segunda convocação.

Local: na sede do Sindicato – Rua dos Tamoios, 611 – Centro – Belo Horizonte.

Em pauta: paralisação das atividades no dia 28 de abril de 2017, a partir das 00h00.

 

Compartilhe: