No dia 14 de junho, foi realizada, na sede do Sindicato, uma reunião de associadas e associados da Caixa Beneficente dos Funcionários do Banco do Estado de São Paulo (Cabesp). O objetivo foi debater e tirar dúvidas sobre a proposta de equacionamento negociada entre a Caixa Beneficente e as entidades representativas para solucionar o atual déficit da entidade.

A proposta em questão foi elaborada em conjunto pelas três mais importantes entidades que congregam os funcionários do ex-Banespa: Afubesp, Afabesp e Abesprev. Ela já foi aceita pela Cabesp, em substituição a uma proposta mais onerosa para os beneficiários que havia sido apresentada anteriormente pela caixa beneficente.

Para votar a proposta, será realizada uma Assembleia no dia 30 de junho em São Paulo. Caso a Assembleia não tenha o quórum mínimo de 11 mil votos (por participação direta ou procuração), a votação será realizada por meio de plebiscito já a partir do dia 1º de julho, se estendendo até 15 de julho.

“No dia 14, realizamos uma reunião com a presença de muitos trabalhadores e trabalhadoras do Banespa, que puderam tirar dúvidas sobre a proposta construída coletivamente pelas entidades representativas de associados à Cabesp. Seguiremos acompanhando as questões ligadas ao equacionamento, sempre ao lado da categoria para defender seus direitos”, afirmou o diretor do Sindicato Davidson Siqueira.

As mudanças negociadas são:

– Elevação da mensalidade de forma escalonada na mesma proporção para associados e Santander: 4% em 2018, 5% em 2019 e 6% no ano de 2020.

– Manter a coparticipação como é hoje.

– Avaliação dos impactos anualmente, ocasião em que serão novamente discutidos os assuntos relacionados à coparticipação.

– Qualquer alteração será sempre deliberada pelos associados em Assembleia Geral Extraordinária.

 

Compartilhe: