O Sindicato esteve em Conselheiro Lafaiete nesta segunda-feira, 17 de abril, para denunciar a agenda de desmonte de Temer, além de convocar a categoria e toda a população para ir às ruas e participar da Greve Geral do dia 28 de abril.

Um ato com a “Porta do Inferno” foi realizado em frente a uma agência do Banco do Brasil de Conselheiro Lafaiete e diretores do Sindicato visitaram outras unidades de trabalho da região para chamar bancárias e bancários para a mobilização.

Nesta terça-feira, 18, uma Assembleia Geral Extraordinária será realizada, na sede do Sindicato, para deliberar sobre a Greve Geral. Para mais informações, clique aqui.

As reformas da Previdência e trabalhista, assim como a terceirização irrestrita já aprovada, representam graves riscos para os direitos dos brasileiros. O desmonte promovido pelo governo Temer ameaça ainda importantes bancos públicos, como a CAIXA e o Banco do Brasil.

O enfrentamento nas ruas é a arma dos trabalhadores contra estas medidas e, por isso, o Sindicato segue nas ruas. Rumo à Greve Geral de 28 de abril!

Compartilhe: