O Sindicato, por meio do seu Departamento Jurídico, assegurou a reintegração administrativa de mais três bancários do Bradesco. Os trabalhadores haviam sido demitidos de forma irregular pelo banco, que teve que voltar atrás após a atuação da entidade.

Para garantir a reintegração, o Sindicato baseou-se na cláusula 27 da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria, que garante estabilidade provisória no emprego de quem está próximo de se aposentar. Veja a cláusula na íntegra aqui.

“O Sindicato segue em luta para garantir os direitos de bancárias e bancários. O Departamento Jurídico recebe e orienta, diariamente, centenas de casos de trabalhadores e, na maioria deles há injustiças cometidas pelos bancos”, explicou Giovanni Alexandrino, que é funcionário do Bradesco e diretor do Sindicato.

O diretor Jurídico do Sindicato, Élcio Chaves, explicou que a entidade acompanha, com preocupação, o crescimento no número de demissões no Bradesco. “Por isso, atuamos para impedir que abusos sejam cometidos nas unidades de trabalho e também para reverter demissões arbitrárias ou ilegais, seja por meios administrativos ou na Justiça”, destacou.

Bancárias e bancários associados ao Sindicato têm orientação jurídica gratuita e podem procurar a entidade, sempre que necessário, para os devidos encaminhamentos. O contato com o Departamento Jurídico pode ser feito pelos telefones (31) 3279-2839 e 3279-7845. Os trabalhadores também podem utilizar o serviço de Fale Conosco.

 

Compartilhe: