Funcionárias e funcionários do BDMG realizaram, nesta quarta-feira, 15, Assembleia Geral Extraordinária. Na ocasião, os trabalhadores aprovaram a renovação dos acordos coletivos de trabalho relativos à compensação de horas extras e ao Sistema Alternativo de Controle de Jornada, assim como a proposta do Programa de Participação nos Resultados (PPR) 2014.

Durante a assembleia, os participantes criticaram a postura da direção do banco que se recusou a acatar as reivindicações apresentadas pelos funcionários. A assembleia apontou ainda para a necessidade que se inicie a discussão sobre o PPR 2015 o mais breve possível com a participação dos trabalhadores.

Também foi aprovada a realização de uma plenária, nos próximos dias, para a elaboração de pauta de reivindicações específicas dos funcionários que será entregue à atual diretoria.

O diretor do Sindicato Carlos Augusto Vasconcelos (Mosca) ressaltou a importância da mobilização. “Precisamos continuar lutando e nos organizando para ampliar os direitos dos funcionários e exigir melhores condições de trabalho no BDMG”, afirmou.

Compartilhe: