Funcionárias e funcionários do BDMG realizaram, entre 8h e 19h desta segunda-feira, 13 de julho, Assembleia Geral Extraordinária virtual. Os trabalhadores aprovaram a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho que Institui Sistema de Compensação de Horas Extras. Foram 96,15% dos votos favoráveis ao acordo e 3,85% contrários.

Mantendo as mesmas cláusulas do acordo ainda em vigor, o novo documento traz apenas adequações necessárias em decorrência da pandemia de Covid-19 e do trabalho remoto instituído pelo banco desde o dia 16 de março de 2020.

O acordo terá validade de 2 anos, a partir de 16 de julho de 2020, e o fechamento total para pagamento ou compensação das horas ocorrerá, semestralmente, nos dias 15 de abril e 15 de outubro de cada ano.

Todas as horas extras acumuladas pelo empregado poderão ser transformadas em dias de folga, ou gozadas em saídas antecipadas ou entradas tardias.

O acordo prevê ainda que será permitido, durante a vigência semestral, o acúmulo de saldo positivo equivalente a, no máximo, 5 (cinco) jornadas diárias, sendo no máximo 2 (duas) jornadas diárias por mês. O saldo mensal excedente a 2 (duas) jornadas diárias será pago na folha de pagamento subsequente à apuração.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região

 

Compartilhe: