Funcionárias e funcionários do Santander aprovaram, em Assembleia virtual realizada nesta terça-feira, 9 de fevereiro, o acordo conquistado nas negociações para o adiamento da compensação de horas extras. Na base de BH e região, a proposta foi aprovada com 97,56% dos votos dos bancários.

Os principais pontos do Acordo são:

  • Início da compensação será adiado de janeiro para março, com a possibilidade de nova prorrogação a depender do cenário da pandemia de coronavírus.
  • Ampliação do prazo de compensação de 12 para 18 meses.
  • Vetado desconto em folha de pagamento até encerrado o prazo de 18 meses para compensação.
  • Em caso de demissão sem justa causa ou aposentadoria, é vetado o desconto das horas negativas não compensadas.

“Vamos acompanhar todo o processo de compensação das horas negativas e alertamos funcionárias e funcionários que qualquer irregularidade deve ser denunciada ao Sindicato. Além disso, seguimos cobrando medidas de proteção à categoria contra a pandemia da Covid-19, incluindo a redução no número de trabalhadores presenciais”, afirmou Wagner dos Santos, funcionário do Santander e diretor do Sindicato.

 

Compartilhe: