Foto: Breno Pataro

 

Em Assembleia Geral Extraordinária realizada nesta quinta-feira, 19 de outubro, bancárias e bancários da CAIXA e do Banco do Brasil aprovaram o ingresso do Sindicato com ações coletivas na Justiça. A Assembleia foi realizada no Salão Diamante do Hotel Normandy, no centro de Belo Horizonte.

Durante a plenária, advogados que assessoram o Sindicato também puderam esclarecer dúvidas dos trabalhadores a respeito das mudanças previstas na reforma trabalhista (Lei 13.467/2017), que entrará em vigor no dia 11 de novembro.

Com a aprovação em Assembleia, o Departamento Jurídico do Sindicato ingressará com as seguintes ações coletivas na Justiça:

BANCO DO BRASIL

a) Incorporação de gratificação para os trabalhadores descomissionados sem justo motivo promovida pelo Banco na base sindical;

b) Ação de Declaratória do Direito de Incorporação de gratificação para aqueles trabalhadores ainda não descomissionados e que já completaram mais de 10 anos na função, caráter preventivo em razão da alteração normativa provocada pela Lei 13.467/17;

c) Ação de horas extras, 7ª e 8ª horas, para os cargos de Assistentes, Analistas, Assessores e Supervisores.

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

a) Incorporação de gratificação para os trabalhadores já descomissionados sem justo motivo, incluindo as rubricas CTVA, APPA e Porte na base de cálculo da gratificação incorporada;

b) Ação de horas extras, 7ª e 8ª horas, dos Supervisores, Assistentes, Tesoureiros, Técnicos de Operações de Retaguarda e Tesoureiros Executivo.

 

Compartilhe: