Fotos: Alessandro Carvalho

 

Funcionárias e funcionários do Banco do Brasil aprovaram, em Assembleia Geral Extraordinária realizada nesta quinta-feira, 18, em Belo Horizonte, a adesão à renovação do Acordo Coletivo de Trabalho que instituiu a Comissão de Conciliação Prévia (CCP).

O acordo foi firmado entre a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e o Banco do Brasil no dia 29 de novembro de 2017.

O objetivo da Comissão de Conciliação Prévia é propiciar a realização de acordos extrajudiciais de demandas de ex-funcionários do banco.

Plenária sobre reestruturação

Também nesta quinta-feira, 18, bancárias e bancários do BB aproveitaram a oportunidade da Assembleia para realizar uma plenária sobre os impactos da reestruturação anunciada pelo BB no dia 5 de janeiro. Com ampla participação de funcionárias e funcionários, a plenária tratou de questões jurídicas, do andamento do processo de realocação de funcionários e das negociações com o banco.

Além disso, foi definido pelos bancários que os caixas retardariam o funcionamento das agências em uma hora nesta sexta-feira, 19, Dia Nacional de Luta contra as reestruturações do BB que penaliza os funcionários. As mudanças incluem cortes de caixas executivos, fechamentos de escritórios digitais e mudanças nos quadros das agências.

 

Compartilhe: