Ao final da terceira rodada de negociações da Campanha 2012, realizada nesta quarta-feira 22 em São Paulo, em que o Comando Nacional defendeu as reivindicações sobre remuneração da pauta geral, os bancos informaram que apresentarão na próxima terça-feira, dia 28, às 10h, uma proposta global para as demandas da categoria. “Será um presente para o Dia dos Bancários”, disseram os banqueiros.
 
Os representantes dos bancários deixaram claro aos bancos que a categoria tem a expectativa de que, além do aumento real, valorização do piso e melhoria da PLR, a proposta contemple as reivindicações sobre emprego, saúde e condições de trabalho, segurança bancária e igualdade de oportunidades. Mostraram também que, como os lucros dos bancos aumentaram mesmo com os superprovisionamentos para devedores duvidosos, e eles pagam bônus milionários aos altos executivos e salários muito baixos aos bancários comparados com outros países da América Latina, as empresas têm totais condições de atender às reivindicações da categoria.

Essas são as principais reivindicações dos bancários sobre remuneração:

* Reajuste salarial de 10,25% (reposição da inflação mais 5% de aumento real).

* PLR de três salários mais R$ 4.961,25 fixos.

* Piso salarial de R$ 2.416,38 (salário mínimo do Dieese).

* Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) para todos os bancários.

* Auxílio-educação para graduação e pós-graduação.

* Auxílio-refeição, cesta-alimentação, auxílio-creche/babá, 13º auxílio-refeição e 13ª cesta-alimentação: R$ 622,00 (salário mínimo nacional).

O Comando Nacional dos Bancários iniciou reunião de avaliação do processo de negociação. Divulgaremos mais informações ao final da reunião.

 

Compartilhe: