Bancárias e bancários de todo o país realizam um Dia Nacional de Luta, nesta quinta-feira, 24, contra as demissões realizadas pelo Santander. Em plena pandemia, o banco demite trabalhadores, inclusive gestantes, cobra metas abusivas e está substituindo departamentos inteiros por terceirizados.

O Sindicato realizou ações de rua, com a colagem de cartazes em agências e a exposição de faixas denunciando a irresponsabilidade do Santander.

A partir das 12h, será realizado também um tuitaço para chamar a atenção da sociedade para os absurdos cometidos pelo banco. A participação de todas e todos é muito importante utilizando as hashtags: #SantanderPareAsDemissões e #SantanderNãoTerceirize

Acompanhe e compartilhe também as publicações pelo Twitter do Sindicato.

“Não podemos aceitar este tipo de postura de um banco que segue lucrando bilhões. O Brasil é o responsável pela maior parte dos resultados do Santander e, mesmo assim, o banco desrespeita os brasileiros adotando práticas diferentes das de outros países. Queremos o fim das demissões, das metas abusivas e das terceirizações. Chega, Santander!”, afirmou Wagner dos Santos, diretor do Sindicato.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

 

Compartilhe: