O Banco do Brasil divulgou, nesta quarta-feira, 3, na Agência de Notícias interna, a ampliação e remodelação do Programa Extraordinário de Desempenho Gratificado (PDG), com integração do Programa de Ascensão Profissional. Desta forma, foi lançado um Programa de Identificação de Talentos e outras formas de avaliação que comtemplam, inclusive, o programa de certificação.

O banco comunicou o anúncio do Programa à Comissão de Empresa dos Funcionários do BB, que agendou uma reunião para esta quinta-feira, 4, onde a instituição fará uma apresentação detalhada sobre o assunto.

O programa anunciado amplia o leque de abrangência para assistentes, caixas e escriturários, e prevê pagamento de até um salário por semestre, dentro das regras estabelecidas de cumprimento de metas.

Para Wagner Nascimento, diretor do Sindicato e coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB, a representação dos trabalhadores tem todo interesse de conhecer e debater sobre qualquer programa que contemple premiação, remuneração ou benefícios dos funcionários. Após a reunião com o BB, o movimento sindical fará uma melhor análise do programa anunciado.

“Em visita aos locais de trabalho, conversamos com diversos colegas do novo público alvo e muitos têm dúvidas sobre o efetivo funcionamento do programa, considerando que aquelas pessoas que estão no atendimento não dispõem de tempo ainda para analisar melhor o que foi divulgado. A condição de trabalho ruim não tem permitido sequer a realização de cursos obrigatórios”, completou Wagner.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

Compartilhe: