Depois que representantes dos trabalhadores protocolaram, nesta quinta-feira, 28, ofício junto ao Banco do Brasil, em Brasília, cobrando o pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) do segundo semestre de 2012 o mais breve possível, o banco anunciou, no final da tarde, que vai efetuar o crédito na próxima sexta-feira, dia 8 de março. Na mesma data, ocorrerá também a distribuição de lucros aos acionistas. Os valores ainda não foram divulgados.

Em 2012, o Banco do Brasil apresentou lucro líquido recorde de R$ 12,2 bilhões, uma alta de 0,65% em relação ao ano anterior. Com base no aumento de cerca de 20% no montante a ser distribuído em relação ao semestre anterior, o ofício entregue ao banco propõe que o BB adeque o ‘Módulo Fenaban’ ao valor fixo da Convenção Coletiva de referência (metade do valor de R$ 1.540 = R$ 770), bem como aumente a quantidade de salários paradigma na tabela referente aos escriturários, caixas e comissionados”.

Para o funcionário do Banco do Brasil e diretor do Sindicato, Wagner Nascimento, o lucro recorde demonstra que os bancários devem continuar lutando pela redução da jornada sem a redução dos salários. “Queremos um plano de funções sem redução dos nossos direitos. É importante também lembrar que, nesta parcela da PLR, já teremos a isenção do imposto de renda para valores de até R$  6 mil, uma grande vitória dos trabalhadores, com a luta iniciada pelos bancários da CUT”, afirmou.

Isenção do IR

No pagamento, os bancários serão beneficiados pela primeira vez com a nova tabela de Imposto de Renda sobre a PLR. Pela nova regra, quem recebe até R$ 6 mil ao ano de PLR fica isento de IR e os descontos são progressivos a partir desse valor, mas todos pagarão menos imposto.

Nos ganhos até R$ 10 mil, o desconto do imposto cai de R$ 1.993,47 para R$ 375. Para quem recebe até R$ 15 mil, o IR cai de R$ 3.368,47 para R$ 1.338,75. E para a PLR de R$ 20 mil, o desconto que era de R$ 4.743,47, vai para R$ 2.704,37.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

Compartilhe: