Beneficiárias e beneficiários da ação da Fundação Francisco Conde (FFC) já receberam os valores a que tinham direito. Os advogados que cuidam do processo realizaram as transferências para as contas bancárias do quadro homologado de beneficiários.

Os valores recebidos são isentos de IR e INSS. Os trabalhadores receberão também, por e-mail, o recibo com o descritivo das verbas, a nota fiscal e a nota de honorários.

Depois de muitos anos de luta, debates e reuniões, a história da FFC, dos bancários do extinto BCN, chegou a um desfecho favorável. Esta é mais uma demonstração da força dos trabalhadores e trabalhadoras e da contribuição dos sindicatos. Sem unidade e comprometimento, o dinheiro ficaria para os ativos do Bradesco.

 

Compartilhe: