O 34º Boletim Informativo da Cassi “Prestando Contas” mostra que sistemas que se organizam a partir da Atenção Primária à Saúde (APS) conseguem melhorar o acompanhamento aos usuários e melhoram a saúde dos beneficiários, o que permite, ainda, minorar os custos e garantir sua sustentabilidade.

O boletim explica, ainda, que uma das estratégias de atenção primárias são os programas de saúde da família.

Confira aqui o boletim na íntegra.

 

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

Compartilhe: