O Bradesco anunciou, nesta segunda-feira, 4, as alterações realizadas no plano de previdência complementar. Dirigentes do Sindicato reuniram-se com representantes do banco, no dia 21 de julho, para se inteirar sobre a questão. Em breve, será divulgado um relatório detalhando as alterações e as possíveis vantagens e desvantagens da mudança.

No último dia 21, os representantes do Bradesco realizaram uma apresentação para os dirigentes sindicais, expondo os principais pontos do novo plano. Apesar dos esclarecimentos, ainda persistem dúvidas sobre as mudanças e as entidades solicitaram o regulamento do novo plano, que permitirá uma avaliação mais precisa das alterações e se, de fato, elas trazem mudanças “favoráveis”, como alega o banco, para os trabalhadores.

Participou da reunião o especialista em previdência complementar José Ricardo Sasseron, que é vice-presidente da Associação Nacional dos Participantes dos Fundos de Pensão (Anapar) e ex-diretor eleito da Previ.

Atualmente, cerca de 40% dos funcionários do Bradesco são participantes do plano de previdência, conhecido como quatro por quatro.

O Sindicato orienta os trabalhadores a não tomarem qualquer iniciativa sem antes sanar todas as dúvidas existentes em relação às mudanças e que não saquem suas reservas já constituídas no plano atual, uma vez que o mesmo possui condições já asseguradas e cada participante poderá escolher a melhor opção quando da data da aposentadoria.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT e Seeb São Paulo

Compartilhe: