As instituições financeiras continuam em foco como as mais reclamadas pelos consumidores. No Idec e agora no Procon os bancos lideraram em 2011, passando inclusive empresas de setores como o de telecomunicações, que estiveram à frente, por vários anos, como a Telefônica ? mais precisamente desde 2006.

O Bradesco foi o campeão,seguido pelo banco Itaú. As principais queixas estão relacionadas a cobranças indevidas, envio de cartões sem terem sido solicitados pelos consumidores, além de saques e empréstimos não reconhecidos.

O Procon também alerta para o segmento de seguros, onde há muitos problemas na extensão de garantia de produtos.

BC ? Além dos órgãos de defesa dos consumidores, as queixas contra os bancos subiram no Banco Central. O total de queixas procedentes cresceu 43% entre janeiro de 2010 e janeiro de 2011, dado mais recente disponível. Só de dezembro do ano passado para o primeiro mês deste ano, o aumento foi de 12%.

Compartilhe: