O Conselho Deliberativo da Fundação dos Economiários Federais (Funcef) aprovou, com voto de Minerva, as alterações resolução número 25 da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da União (CGPAR).

Ela estabelece novas diretrizes para os planos de benefícios de previdência complementar das estatais federais, para o Reg/Replan Não Saldado. A ação desrespeita frontalmente o Estatuto vigente da Funcef que prevê que haja, no mínimo, quatro votos para alteração de regulamentos de planos.

As entidades representativas dos empregados estudam as possibilidades judiciais de intervir nessa decisão, já que o voto foi embasado por um voto da Diretoria de Benefícios, que é coordenada por um diretor eleito.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

 

Compartilhe: