Nos últimos dias, vários órgãos de imprensa e sindicatos de bancários denunciaram a contratação da empresa Falconi Consultores de Resultados para assessorar processos de reestruturação no Banco do Brasil. A empresa já estaria prestando serviços na Diretoria de Tecnologia do BB.

As denúncias apontam que a empresa foi contratada sem licitação, descumprindo normativos do banco.

Um dos três conselheiros de administração da Falconi é o Sr. Pedro Moreira Salles, que também é o presidente do Conselho de Administração do Itaú-Unibanco, principal concorrente privado do BB. O conflito de interesses é evidente, uma vez que a empresa terá acesso a dados sigilosos e estratégicos do banco, que poderão chegar ao concorrente, atentando contra as boas práticas de governança.

Por isso, o representante eleito dos funcionários do BB no Conselho de Administração do banco, Fabiano Felix, cobrou explicações sobre a denúncia para que possam ser tomadas as devidas providências.

Em tempos em que o Governo Federal anuncia a privatização de várias empresas públicas, os trabalhadores devem permanecer atentos e redobrar os cuidados. Principalmente quando se coloca, dentro do banco, uma empresa ligada à concorrência.

Compartilhe: