valecultura_18nov

Primeira categoria a conquistar o vale-cultura na CCT, na Campanha Nacional 2013, os bancários podem perder esse direito. Os incentivos fiscais para as empresas manterem o programa expiram no fim deste ano e o vale só estará garantido, em 2017, se o governo Temer os renovar.

O vale-cultura é uma importante conquista. O cartão, com crédito de R$ 50 por mês para bancários que recebem até cinco salários mínimos, pode ser usado na compra de bens como livros, ingressos para cinema, teatro e shows, por exemplo. Atualmente, mais de 162 mil bancários, ou 32% da categoria, têm este benefício.

Por isso, o Comando Nacional dos Bancários já enviou carta solicitando audiência com o ministro da Cultura, Marcelo Calero, para tratar da renovação da Lei 12.761/12, que criou o Programa de Cultura ao Trabalhador.

Além disso, é importante que os trabalhadores também cobrem a renovação através das redes sociais e dos canais de comunicação do governo federal, pressionando pela manutenção do vale-cultura. Você pode enviar sua mensagem no Facebook e Twitter do Portal Brasil, do Palácio do Planalto, além da própria página do presidente Michel Temer.

Compartilhe: