A pandemia já provocou quase 200 mil mortes no Brasil e os bancos desrespeitaram um acordo firmado no começo do ano de não haver demissões durante este período. Por isso, nesta sexta-feira, 18, vai ter mais um tuitaço contra as demissões. Será às 11h com a hashtag #QuemLucraNãoDemite

Em 2020, os três maiores bancos privados já demitiram mais de 12 mil bancários e bancários, pais e mães de família, que ficaram sem emprego em meio a uma crise econômica e sanitária. No mesmo período, Bradesco, Santander e Itaú, os campeões das demissões, lucraram juntos R$ 35,7 bilhões, rendimento que nenhum outro setor da economia registrou.

O tuitaço é também uma forma de se contrapor aos bilhões de reais que estão sendo gastos pelos bancos em campanhas publicitárias para mostrar uma falsa imagem humana destas instituições.

Lembre-se: às 11h desta sexta-feira, 18, divulgue a hashtag #QuemLucraNãoDemite

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

 

Compartilhe: