A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander se reúne com o banco na tarde dessa sexta-feira, 31, para tratar da renovação do Acordo Coletivo de Trabalho dos funcionários, aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria. A reunião ocorrerá em São Paulo, no Hotel Maksoud Plaza, logo após a assinatura da CCT aprovada pelos trabalhadores.

Pela manhã, a COE se reuniu para tratar dos pontos que estarão em pauta na reunião. Mais do que apenas renovar o ACT, a representação dos trabalhadores busca estabelecer um valor mínimo para ser pago no Programa de Participação nos Resultados Santander (PPRS) para quem não exerce funções que recebem bônus nem remunerações variáveis.

Os trabalhadores também querem melhorar, no ACT, a cláusula de adiantamento emergencial de salário, direito já garantido aos trabalhadores afastados para tratamento de saúde que recebem alta pelo INSS, mas são considerados inaptos para o retorno ao trabalho pelo banco.

Cabesp e Banesprev

Outro ponto a ser tratado é a renovação do Termo de Compromisso para manutenção do Cabesp e do Banesprev, os planos de saúde e de previdência dos empregados do Santander oriundos do antigo Banespa.

A manutenção pelo Santander do Cabesp e do Banesprev fez parte da negociação de privatização do antigo Banespa.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

 

Compartilhe: