Diante de dezenas de demissões ocorridas no Mercantil do Brasil, neste mês de junho em todo o país, a Comissão de Organização dos Empregados (COE) enviou comunicado ao banco cobrando uma reunião para tratar do tema.

Mesmo durante a pandemia, o Mercantil demitiu trabalhadores, diminuindo ainda mais o quadro de funcionários. O Sindicato denuncia que esta situação, além de demonstrar descaso com os trabalhadores, também aumenta o risco de contaminação pela Covid-19, pois prolonga o tempo de espera para o atendimento nas agências. Saiba mais aqui.

As entidades representativas dos trabalhadores aguardam retorno do banco sobre a solicitação.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região

 

Compartilhe: