O Comando Nacional dos Bancários realiza nesta quarta-feira, 10, e quinta-feira, 11, em São Paulo, a quarta rodada de negociação da Campanha Nacional 2014 com a Fenaban, centrada agora nas reivindicações econômicas, que incluem o reajuste de 12,5% e a PLR de três salários mais valor fixo de R$ 6.247.

Nas três primeiras rodadas de negociação, os bancos praticamente não apresentaram nenhuma proposta para as reivindicações da categoria aprovadas na 16ª Conferência Nacional dos Bancários, realizada de 25 a 27 de julho em São Paulo.

No primeiro semestre de 2014, os seis maiores bancos apresentaram lucro líquido de R$ 29,6 bilhões. Os bancos brasileiros têm a maior rentabilidade do sistema financeiro mundial, mas continuam fechando postos de trabalho e reduzindo a média salarial da categoria através da rotatividade.

Concentração de renda

No Brasil, os 10% mais ricos no país, segundo estudo do Dieese com base no Censo de 2010, têm renda média mensal 39 vezes maior que a dos 10% mais pobres, no sistema financeiro a concentração de renda é ainda maior.

Em 2013, o Bradesco pagou, em média, R$ 13 milhões no ano para cada diretor. A diferença para o salário do caixa foi de 270 vezes. No Itaú, cada membro do Conselho de Administração recebeu, em média, R$ 15,5 milhões, o que representa 318,5 vezes o que ganhou o bancário do piso salarial. Já no Santander, cada diretor embolsou, em média, R$ 7,7 milhões no mesmo período, o que significa 158,2 vezes o salário do caixa.

Dessa forma, para ganhar a remuneração mensal de um desses executivos, o caixa do Bradesco tem que trabalhar 22,5 anos, o caixa do Itaú 26,5 anos e o caixa do Santander 13 anos.

Principais reivindicações econômicas

> Reajuste salarial de 12,5%.
> PLR: três salários mais parcela adicional de R$ 6.247.
> 14º salário.
> Vales alimentação, refeição, cesta-alimentação, 13ª cesta e auxílio-creche/babá: R$ 724,00 ao mês para cada (salário mínimo nacional).
> Gratificação de caixa: R$ 1.042,74.
> Gratificação de função: 70% do salário do cargo efetivo.
> Vale-cultura: R$ 112,50 para todos.

A valorização dos pisos salariais foi discutida na terceira rodada de negociações, nos dias 3 e 4 de setembro. As reivindicações são: salário de R$ 2.979,25 para portaria e escriturários; R$ 4.021,99 para caixas, operadores de atendimento, empregados de tesouraria; R$ 5.064,73 para primeiro comissionado e R$ 6.703,31 para primeiro gerente.

Compartilhe: