O Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Contraf-CUT, se reúne nesta terça-feira, 26, em Brasília, para fazer a avaliação da Campanha Salarial 2013. Após uma greve nacional que chegou a paralisar 12.140 agências e centros administrativos em todo país, a categoria arrancou aumento real do salário pelo décimo ano consecutivo, além de outras importantes conquistas sociais e econômicas. A reunião visa também planejar o calendário de organização da Campanha 2014.

No ano de 2013, os bancários conquistaram, com mobilização e unidade, a valorização nos pisos e melhorias na PLR, quebrando a intransigência dos bancos também em relação ao desconto dos dias parados. A categoria conquistou avanços nas áreas de saúde e condições de trabalho, a proibição do envio de torpedos aos bancários cobrando resultados, a folga-assiduidade, o vale-cultura e a criação de um grupo de trabalho que tratará dos adoecimentos na categoria.

No final da greve, os bancários derrotaram a proposta da Fenaban de compensar os dias parados em 180 dias. Com a resistência do Comando, a compensação foi reduzida e está sendo feita somente com a realização de uma hora diária até 15 de dezembro.

A reunião do Comando vai projetar também a organização da Campanha 2014, levando em conta a realização da Copa do Mundo entre 12 de junho e 13 de julho.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

Compartilhe: