O Comando Nacional dos Bancários reafirmou a importância da defesa da democracia no Brasil, em reunião realizada na quinta-feira, 25, em Porto Alegre. Por isso, o Comando se declarou contrário à condenação, sem prova, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A reunião também definiu o calendário da categoria. Após amplo debate, ficou definido que os encontros de bancos públicos e de bancos privados serão realizados dois dias antes da Conferência Nacional dos Bancários. Eles serão realizados em São Paulo, em locais ainda a serem definidos. O número de delegados participantes deverá ser o mesmo do ano passado.

Já a Conferência Nacional dos Bancários ocorrerá entre os dias 8 e 10 de junho na quadra dos bancários de São Paulo.

Durante a reunião, o Comando indicou também o fortalecimento e o aprofundamento dos debates nas conferências regionais.

A próxima reunião do Comando Nacional dos Bancários será realizada em 28 de fevereiro, na sede da Contraf-CUT, em São Paulo.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

Compartilhe: