Dando continuidade aos trabalhos da Conferência Estadual, bancárias e bancários realizaram mais um painel no final da tarde desta sexta-feira. Na mesa que tratou de conjuntura, foram realizadas suas apresentações: uma sobre a situação econômica e política nacional, analisada pelo técnico do Dieese Frederico Melo, e outra sobre a situação estadual, com a presidenta da CUT-MG, Beatriz Cerqueira.

As apresentações descreveram o cenário pelo qual passam o Brasil e, especificamente, Minas Gerais e os reflexos destes contextos para a luta política e dos trabalhadores.

Frederico Melo analisou o cenário político e as medidas econômicas que vêm sendo implementadas pelo governo federal nos últimos anos. Já Beatriz Cerqueira reforçou a importância da inclusão da análise da conjuntura estadual nas discussões e destacou a necessidade de reforçar a unidade e ampliar a mobilização para enfrentar as pautas conservadoras.

Neste sábado, 18 de julho, os participantes do evento dão continuidade às discussões e realizam mesas temáticas sobre bancos públicos, Campanha Nacional 2015 e terceirização. Em seguida, os trabalhadores se reunirão em grupos temáticos para debater as propostas de Minas Gerais para a pauta de reivindicações que será definida nacionalmente.

A Conferência Estadual será encerrada no domingo, dia 19 de julho, com a assembleia final e a eleição de delegadas e delegados para representar o estado na Conferência Nacional dos Bancários.

Compartilhe: