Com o aumento de casos de Covid-19 no Brasil, o Comando Nacional dos Bancários – que representa os trabalhadores nas negociações com a Fenaban (Federação dos Bancos) – cobrou novas medidas para evitar que a incidência da doença aumente entre bancários e seus familiares.

O Bradesco deu resposta e anunciou a ampliação da testagem da Covid-19 para os dependentes no plano de saúde dos bancários. Além disso, após cobrança do Sindicato, o banco também informou que funcionárias e funcionários têm direito à testagem.

Em BH e região, os testes estão disponíveis desta terça-feira, 1º, até o dia 19 de dezembro. Para saber os laboratórios credenciados, acesse o portal corporativo -> RH -> Viva Bem e clique no banner sobre os testes de Covid-19. Não é necessário agendamento e os interessados devem comparecer com documento de identificação.

A testagem é feita pela sorologia IgM (indica exposição ao vírus e fase ativa da doença) e IgG (indica que a pessoa já teve contato com o vírus e, para algumas situações, desenvolveu anticorpos de proteção no organismo), com coleta de sangue.

“Esta era uma importante reivindicação do movimento sindical e representa uma conquista para os trabalhadores. Nossa luta continua na defesa da saúde de bancárias, bancários e seus familiares, de condições dignas de trabalho e do emprego da categoria”, afirmou Geraldo Rodrigues, diretor do Sindicato que integra a Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco.

 

Compartilhe: