A atuação do movimento sindical conquistou a possibilidade de que bancários do Bradesco possam, a partir de agora, transferir valores do vale-alimentação (VA) para o vale-refeição (VR) e vice-versa. Não é necessária a autorização do gestor para realizar a migração de valores, que também é válida para a 13º cesta alimentação.

Esta era uma reivindicação antiga dos bancários do Bradesco e foi cobrada pelos representantes dos funcionários nas mesas de negociação com o banco. Inicialmente prevista para a segunda quinzena de setembro, a mudança atrasou, segundo o banco, devido a dificuldades na adaptação do sistema SAP.

Para usufruir da conquista, que já está valendo, bancárias e bancários devem se atentar às regras abaixo:

– A transferência de valores do VA para o VR, e também do VR para o VA, se dá através do sistema SAP.

– O bancário pode migrar os valores do VA para o VR, e também do VR para o VA, todos os meses.

– O bancário pode transferir qualquer valor do VA para o VR, e também do VR para o VA, desde que não zere nenhum dos cartões.

– Se a transferência no sistema SAP for realizada até o dia 10 de cada mês, ela será efetivada no antepenúltimo dia útil do mesmo mês, quando são realizados os créditos nos cartões VA e VR. Exemplo: se o bancário realizar a transferência no sistema SAP no dia 10 de novembro, ela será efetivada no antepenúltimo dia útil de novembro.

– Caso a transferência seja realizada no sistema SAP após o dia 10 de cada mês, ela só será efetivada no antepenúltimo dia útil do próximo mês. Exemplo: se o bancário realizar a transferência no sistema SAP no dia 11 de novembro, ela só será efetivada no antepenúltimo dia útil de dezembro.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Seeb-SP

Compartilhe: