Foto: Contraf-CUT

Os conselheiros deliberativos e fiscais da Fundação Itaú Unibanco, eleitos pelos funcionários, reuniram-se nesta quarta-feira, 18, na sede da Contraf-CUT, em São Paulo, para discutir uma pauta de reivindicações que possam melhorar a transparência e a administração financeira dos planos. A Fundação abriga os diversos planos de previdência complementar do banco. O diretor do Sindicato e conselheiro fiscal eleito pelos ativos, Ted Silvino, participou da mesa.

Durante a reunião, foi feita uma retrospectiva sobre a Fundação e as situações em que os enfrentamentos com o patrocinador foram mais tensos até chegar ao momento atual. Os participantes da mesa reafirmaram a necessidade de garantir mais transparência e a luta para que todos os trabalhadores tenham previdência complementar.

Entre outros temas, foi discutida a melhoria da comunicação, com a criação de veículos impressos e online para informar os funcionários e aposentados e incentivar a participação no dia-a-dia da Fundação.

Foram apontados mecanismos importantes para potencializar a participação dos ativos e assistidos, como a participação dos suplentes nas reuniões, a criação de um grupo virtual de todos os dirigentes para que as demandas dos trabalhadores sejam encaminhadas e o uso de ferramentas de divulgação, como as redes sociais.

A eleição da chapa apoiada pelo Sindicato para o Conselho da Fundação Itaú Unibanco, da qual faz parte o diretor Ted Silvino, foi mais uma vitória de 2013 para bancárias e bancários.

Ted Silvino ressaltou a importância da reunião desta quarta-feira para a organização dos conselheiros eleitos. “Buscamos unificar a atuação de todos os conselheiros no intuito de lutar pela previdência complementar para todos os funcionários da Holding Financeira Itaú Unibanco e melhorar os planos já existentes. Agora é hora de lutar e mobilizar a categoria para alcançarmos nossos objetivos”, concluiu o diretor.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

Compartilhe: