Após cobrança dos trabalhadores por mais medidas de proteção contra a pandemia do coronavírus, o Santander anunciou que fechará, por um período de 15 dias, algumas agências localizadas em Minas Gerais. A medida entrou em vigor nesta segunda-feira, 6 de abril.

Veja aqui a lista das unidades afetadas.

Também após reivindicação do movimento sindical, o Santander orientou o fechamento temporário de todos os postos de atendimento bancários (PABs) que funcionam em hospitais.

Conforme informado pelo banco, a maior parte dos funcionários e funcionárias das unidades fechadas entraram em férias coletivas. Já os outros foram enviados para outras agências ou departamentos.

Para o funcionário do Santander e diretor do Sindicato, Wagner dos Santos, as novas medidas são mais uma conquista da luta em defesa da saúde dos trabalhadores. “Nossa pressão sobre o banco já assegurou também outras ações importantes, como a suspensão das demissões durante todo o período de pandemia, a adoção de trabalho em home office, mais distanciamento entre trabalhadores que seguem nas agências e a antecipação de 100% do 13º salário para o dia 30 de abril”, explicou.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região

 

Compartilhe: