O Bradesco anunciou, nesta quinta-feira, 2, que antecipará o pagamento da primeira parcela do 13º salário a seus funcionários para 29 de abril, um mês antes da data habitual de pagamento, 28 de maio.

O adiantamento será feito para funcionários admitidos até 31/12/2019 e que ainda não tenham recebido a primeira parcela como adiantamento de férias.

O banco disse que tomou a medida para garantir folego financeiro aos trabalhadores em tempo de contingências, e que adiantou somente a primeira parcela para não comprometer o planejamento financeiro dos trabalhadores no fim do ano, quando será paga a segunda parcela.

Para o movimento sindical, a medida é importante para os trabalhadores, pois aumenta a renda em um período excepcional de pandemia, mas o banco ainda não avançou em outras reivindicações da categoria.

Os representantes dos trabalhadores seguem cobrando do Bradesco um comprometimento formal de não demitir trabalhadores durante o período de pandemia e que reveja a questão das metas. Apesar de o banco já ter divulgado novas orientações sobre o tema, ainda há reclamações de funcionários sobre cobranças de metas abusivas.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Seeb-SP

 

Compartilhe: