Bancárias e bancários de todo o Brasil participam de mobilizações convocadas pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) e pela Frente Brasil Popular, nesta quarta-feira, 7, Dia Mundial da Saúde, para reivindicar vacina já para todos. A Fetrafi-MG organizou um tuitaço para defender a saúde e o trabalho com as hashtags #DiaMundialDaSaude #BancarixsEmDefesaDaVida #VacinaParaTodasETodos

Criado em 7 de abril de 1948 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para conscientizar a sociedade sobre qualidade de vida e sobre fatores que afetam a saúde da população, o Dia Mundial da Saúde será simbólico este ano, especialmente no Brasil, que enfrenta a maior crise sanitária de sua história.

Por isso, a luta tem foco na cobrança por vacinação em massa da população, em defesa da quebra de patentes, da proteção dos empregos e no Fora Bolsonaro.

Live da CUT

No final do dia, a CUT realiza uma live, às 19h, para debater o atual cenário brasileiro, as vacinas e a negligência do governo federal diante da imunização em massa da população. Ao mesmo tempo, Bolsonaro defende tratamento precoce com medicamentos sem eficácia comprovada e que podem gerar sérios efeitos colaterais.

A live da CUT “Salvar vidas, proteger o trabalho, vacina para todos e todas e em defesa da quebra de patentes” será transmitida pelas redes sociais da central – Facebook e Youtube – a partir das 19h.

Mobilização social

A CUT e movimentos sociais que fazem parte da Frente Brasil Popular farão mobilizações nas redes sociais e em várias cidades do país com foco na defesa do SUS e pelo ‘fora, Bolsonaro’. Será utilizada também a hashtag #SUSSalvaVidaEleNão.

Os atos presenciais serão simbólicos com, no máximo, 10 pessoas em locais estratégicos com panfletagens e cartazes para conscientizar a população.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

 

Compartilhe: